Programa de Inclusão Através da Música e das Artes inicia as atividades em Pedras de Fogo

Na tarde desta terça-feira (10/07), foram iniciados os trabalhos do mais novo Polo do Programa de Inclusão Através da Música e das Artes (PRIMA), aqui em Pedras de Fogo. A ação do Governo do Estado, criada pelo Governador Ricardo Coutinho, tem por objetivo criar um sistema de orquestras, bandas e corais juvenis, utilizando o ensino da música como catalisador humano e de cidadania.

O PRIMA, desde a sua criação em 2012, utiliza a música como ferramenta para a inclusão social e disponibilização de oportunidades para crianças e adolescentes do Estado da Paraíba, especialmente aquelas de regiões carentes e terá a Prefeitura de Pedras de Fogo, através da Secretaria de Cultura do município, como importante parceira na realização desse sonho.

Com a recente assinatura de um novo convenio com o Banco do Brasil, Pedras de Fogo foi mais uma cidade a ser contemplada com esta importante ação, que já é realidade em nove cidades paraibanas.

“É uma alegria imensa saber que mais jovens da nossa cidade serão incluídos na sociedade não apenas tocando um instrumento, mas aprenderão a viver e encarar a vida com mais disciplina e seriedade, com novas oportunidades de conhecimento, abrindo os olhos para novas perspectivas, superando as adversidades, graças a esta parceria entre Prefeitura e Governo do Estado que vem dando certo aqui em Pedras de Fogo”, frisou o prefeito Dedé Romão em sua fala.

O foco principal do programa, não é ser uma simples escola de música. Trata-se, muito mais, de uma verdadeira escola de vida, um trabalho de inclusão através da música, das artes e de uma certa sabedoria existencial.

Estavam presentes ainda o coordenador do projeto Milton Dornellas, a maestrina Priscila Santana e o Secretário de Cultura Alisson Quirino, que ratificaram a importância deste projeto para Pedras de Fogo.

O programa disponibilizou quarenta vagas distribuídas entre violino, violoncelo, viola e contrabaixo e ainda a criação de um coral de quarenta vozes. Será um total de oitenta crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social beneficiados.

A cidade cada vez melhor!


0 Comentários

Deixe o seu comentário!

*

code