Pedras de Fogo realiza I Seminário de Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes

Realizamos ontem (08), através do Programa Saúde na Escola – PSE, o I seminário de violência sexual contra crianças e adolescentes com o Tema ”Abuso Sexual Intrafamiliar: Consequências para a Saúde Mental”.

O objetivo do Seminário é despertar na sociedade o debate sobre a temática, preparando as pessoas – sobretudo profissionais da educação – para agir adequadamente quando deparadas com situações de abuso sexual contra crianças e adolescentes.

O evento contou com mais de 300 participantes inscritos e teve como palestrantes especialistas na área: professores, psicólogos, assistentes sociais, membros do conselho tutelar, profissionais do direito. Estiveram presentes, também, representantes de Igrejas, Padre Moisés e Pastor Sílvio, da sociedade civil.

Toda estrutura foi resultado do projeto elaborado pela professora Karla Janaína (coordenadora do PSE) e contou com a participação de diversas Secretarias, que trabalharam conjuntamente: Educação, Cultura, Assistência Social, Saúde e da UNINASSAU.

“Esse é um tema bastante delicado, que as pessoas evitam discutir, as vezes até mencionar, mas que deve ser debatido, tratado. Nossas crianças e adolescentes estão sendo violentadas, na maioria dos casos (como apontam pesquisas) dentro das próprias casas, no ambiente familiar onde deveriam ser protegidas. Não podemos nos calar ante esta realidade, por isso realizamos este Seminário, que coloca em pauta o problema e prepara as pessoas para agir quando se encontrarem diante de uma situação real de abuso sexual. ” Mencionou Karla Janaína, idealizadora do seminário.

Jorge, que foi um dos idealizadores do evento, venezuelano radicado no Brasil, sendo professor universitário e estudante de psicologia, disse que “faz isso por Cristo, por querer ajudar as crianças e adolescentes que são violentadas e acabam tendo suas vidas devastadas por conta de um ato totalmente desumano, absurdo.”

Não é admissível que deixemos, enquanto sociedade, crimes hediondos de abuso sexual a crianças e adolescentes passarem impunes, sem que seja tomada a medida devida. Também é necessário saber agir, abordar, dar suporte adequado psicossocial aos abusados. A isso o Seminário se dispôs e deu início a uma longa batalha contra essa atrocidade.

#acidadecadavezmelhor


0 Comentários

Deixe o seu comentário!

*

code