Casarão da Cultura encanta a população com festival de ballet

A Secretaria de Cultura realizou nesse último domingo (25) o festival de ballet do Casarão da Cultura do município. Neste ano, o tema do festival foi “Alice no País das Maravilhas” e contou com centenas de pessoas que contemplaram o evento realizado na quadra da Escola João Úrsulo. O momento se consolida e entra para o calendário cultural da cidade como um dos eventos mais belos e emocionantes da cultura local.

Na sua segunda edição, o Festival de Ballet é uma ação do Casarão da Cultura e conta com a coordenação das professoras do curso de ballet dessa escola de arte, Josiane Souza e Mariana Ferreira, e tem como protagonistas suas alunas. São mais de 200 alunas, de várias faixas etárias, divididas em 9 turmas que desenvolvem durante o ano inteiro a arte de dançar através das aulas regulares.

“Mais do que uma simples culminância, este evento é uma mistura de dança e teatro que tenta trabalhar uma temática relacionada ao público infanto-juvenil, fazendo as pessoas pensarem, serem tomadas pela emoção, encantarem-se”, realçou a professora Jó. Mariana, também professora de ballet, mencionou que “a dedicação das alunas, o empenho das famílias, o apoio da Secretaria de Cultura é fundamental para que o festival aconteça”.

Ballet era algo inexistente no cenário cultural de Pedras de Fogo. Se alguma família quisesse procurar esta modalidade de dança, teria que buscar na capital, pagar para que suas filhas estudassem e arcar com despesas que excluíam muita gente do contato com esta arte.

O Secretário de Cultura, Alisson Quirino, relatou que sente “uma felicidade imensurável por fazer parte deste processo de inserção do ballet nas opções dos cursos oferecidos no Casarão da Cultura. (Disse ainda) O ballet é o curso mais procurado na nossa escola de arte, o que mostra a qualidade do serviço: que só é possível pela estrutura disponibilizada pela prefeitura e por causa da sensibilidade do prefeito, Dedé Romão, para com a Cultura”.

O Festival “Alice no País das Maravilhas” contou a história de Alice, um clássico da literatura fantástica do mundo. Cenário, figurinos, personagens… tudo envolto pelas bailarinas que contaram esta história dançando. As famílias das bailarinas, protagonistas do evento, ficaram satisfeitíssimas, emocionadas com a apresentação. É o caso de Valdijane Felix, mãe de Larissa (08 anos), que disse “não ter palavras para descrever a felicidade que sente por sua filha ter participado de um momento tão lindo, encantador, mágico”. Mais de 600 pessoas assistiram ao evento, o que demonstra a magnitude do Festival.

Mesmo sem receber recursos das instâncias estadual e federal para a pasta da Cultura, o prefeito Dedé Romão vem investindo na arte. Além do ballet, outros oito cursos fazem parte das opções ofertadas no Casarão da Cultura da cidade, o que possibilita a potencialização das habilidades artísticas dos filhos e filhas de Pedras de Fogo, construindo uma cidade cada vez melhor.

 


0 Comentários

Deixe o seu comentário!

*

code