Através parceria inédita, gestões assinam ordem de serviço da drenagem e pavimentação das ruas da divisa

As gestões de Pedras de Fogo – PB – e Itambé (PE) assinaram nessa sexta, 20, a ordem de serviço da drenagem e pavimentação das ruas João Pedro Ribeiro e Juscelino Kubistchek, limítrofes entre os dois municípios.

O que era sonho, agora é realidade. Em uma parceria inédita com a prefeitura de Itambé, a gestão municipal de Pedras de Fogo vai drenar e pavimentar as duas ruas inteiras, mudando a vida das pessoas que moram na localidade.

O prefeito Derivaldo Romão dos Santos havia sancionado a lei que abre o crédito especial e autoriza o convênio com o município vizinho para o calçamento das ruas em julho deste ano. O secretário de Infraestrutura, Lucas Romão, articulou a parceria com o município vizinho, possibilitando a realização da obra.

“Estamos aqui munidos de uma alegria muito grande, num momento de celebração das duas populações, assinando a ordem de serviço de uma obra importante, que vai realmente mudar significativamente as vidas dessas pessoas que moram na localidade. Esta obra era esperada há décadas e agora iremos tirar ela do papel, tornar este sonho realidade”, disse Dedé Romão, prefeito de Pedras de Fogo.

Dona Graça Carrazzoni, gestora de Itambé, ponderou que o município sempre teve interesse de realizar esta obra e com esta parceria inédita o povo será beneficiado. Dr. Fred Carrazzoni esteve presente na solenidade de assinatura da ordem de serviço da drenagem e pavimentação das ruas, ele foi prefeito de Itambé por seis vezes.

Além dos prefeitos e secretários, os representantes do Poder Legislativo das duas cidades estiveram presentes. As Câmaras dos dois municípios foram fundamentais para a realização da obra.

“Vai ser uma mudança muito grande para a gente que mora aqui. Esperávamos por esta obra há muito tempo e enfim ela chegou. Sofremos com a poeira e com a lama durante muito tempo, mas agora isso vai acabar. Só temos a agradecer às gestões por esta obra”, afirmou Rosilene, moradora da localidade.

Serão quase mil metros drenados e pavimentados. A obra trará, ainda, melhorias na mobilidade urbana da cidade, tendo em vista que a rua Santo Antônio se encontra sobrecarregada hoje em dia porque as condições da divisa não são interessantes para o tráfego de veículos.

O valor da obra está orçado em 600.658,98 Reais e o prazo para conclusão



0 Comentários

Deixe o seu comentário!

*

code