Há 4 anos, tocha olímpica passava por Pedras de Fogo

O maior evento esportivo do mundo foi realizado no Brasil em 2016. Os melhores atletas do planeta passaram por aqui, competiram, emocionaram e empolgaram o público nas Olimpíadas do Rio. Mas antes das lutas, dos jogos, das partidas, a tocha olímpica percorreu o país. A Paraíba entrou na rota e Pedras de Fogo também.

A tocha olímpica é o símbolo dos jogos que existem desde a Grécia antiga. A transição da tocha pelo país sede faz o povo sentir a presença quase que transcendente do “espírito dos jogos olímpicos”. Ao passar pelos estados, pelas cidades, o símbolo desperta no povo este sentimento de pertença à competição.

Pedras de Fogo recebeu a tocha olímpica numa manhã de quinta-feira. Era 2 de junho de 2016 e o símbolo veio de Igarassu, cidade pernambucana. Autoridades e o povo esperavam ansiosos para receber tão importante passagem. Uma mega estrutura de segurança e logística foi montada, como em todos os lugares por onde a tocha passou.

Percurso:


O ponto de partida foi no Parque Linear, na entrada da cidade. Seguiu pelas Ruas Santo Antônio (Rua da Palha), Avenida São Paulo, Presidente João Pessoa, Paroquia Nossa Senhora da Conceição, Rua Frei Serafim, Luís José de França, Rua da Baixinha, Praça da Bíblia, Professor Getúlio César Rodrigues Guedes, Fernando Cabral, Severino Borges, Dr. Manoel Alves e Antônio Pereira Gomes até a Praça da Mangueira, onde a Tocha passou aproximadamente meia hora.

A programação nos pontos antes da passagem da tocha olímpica Rio 2016 contou com expressões artísticas e culturais de Pedras de Fogo. A maioria das apresentações foram realizadas pelos alunos e professores da escola de artes do município, Casarão da Cultura.

Para o prefeito Dedé Romão a passagem da tocha olímpica foi um marco na história do município. “Lembro-me muito bem daquela manhã. Das pessoas na rua, da emoção que envolvia cada pedrafoguense. Foi inesquecível”, disse o prefeito.

O símbolo máximo dos esportes no mundo foi conduzido por atletas, estudantes, artistas, por trabalhadores, pelo povo.

“Das 223 cidades paraibanas apenas 7 receberam a passagem da tocha olímpica; Pedras de Fogo estava entre elas. O município atendeu a todos os critérios para receber um evento dessa magnitude. Conseguimos realizar tudo perfeitamente, de forma impecável e articulada com a PMPB, o CBMPB, a PC, a PF, a PRF, a Abin e a Força Nacional, juntamente com o Comitê Olímpico Brasileiro (COB)”, recorda o Secretário de Cultura e Esportes do município: Alisson Quirino.

A tocha seguiu de Pedras de Fogo para Itabaiana, Sapé, Mamanguape, Guarabira, Campina Grande e João Pessoa. A terra de Dom Vital foi o primeiro solo paraibano a receber o símbolo olímpico. Talvez centenas de anos passarão até outro evento deste porte acontecer aqui no Brasil, na Paraíba, em Pedras de Fogo.


0 Comentários

Deixe o seu comentário!

*

code